segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Óleos Essenciais Afrodisíacos


Em um dos primeiros posts neste blog eu escrevi que a terapia com aromas é uma das formas mais gostosas de se tratar porque é feita sem dor. Pois bem, e que tal usarmos o poder dos óleos essenciais para apimentar nossas relações a dois, ativar ainda mais a nossa libido e criar um clima ainda mais romântico para aqueles momentos de íntimidade com a pessoa amada? Leia este post e faça suas "experiências"... e nos conte depois, se assim desejar... :-)

Boa leitura e aguardo seus comentários.

Denomina-se afrodisíaco a qualquer substância no qual se atribuem propriedades estimulantes sexuais. O nome deriva da deusa grega Afrodite, divindade relacionada ao amor em seus diversos aspectos. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Afrodisíaco)

Se uma determinada substância, alimento, aroma, etc. é afrodisíaca ou não isto não vai depender apenas das propriedades químicas da mesma. A predisposição da pessoa, ou seja, o quanto ela está pronta para a relação sexual ou para o amor é fundamental nestes casos.

As substancias ditas afrodisíacas tem um efeito complementar desde que nós façamos a nossa parte, nos cuidando, nos amando, ficando bonitos para atrair um grande amor e levar este aspecto do afrodisíaco até o outro. Uma pessoa mal cuidada, mal cheirosa, desarrumada, com aspecto feio e sujo não gerará efeito afrodisíaco para outra pessoa, independente do quão potente for o produto afrodisíaco que ela irá utilizar. Da mesma forma, a auto-estima elevada é fundamental para todo processo de aproximação. A pessoa tem que, antes de mais nada, se gostar e se amar para depois amar o outro. E o mais importante é ser você mesmo, não se deixando influenciar pelo que os outros pensam. Ser autêntico. É tirar toda e qualquer barreira e deixar-se ser visto como você é.

Dito isto, vamos à parte mais, digamos, cientifico afrodisíaca, disto tudo.

Já é sabido que cerca de 3% de nosso genoma codificam tipos de receptores olfativos e que estes receptores são altamente especializados em poucos tipos de cheiros, entre eles, os relacionados à reprodução.

O nervo olfativo está ligado diretamente ao sistema límbico, o qual está relacionado aos 3 princípios básicos da sobrevivência: nutrição (fome e sede), reprodução (sexo) e defesa.

Nossas memórias estão ligadas ao sistema límbico, assim sendo, determinado aroma pode trazer uma sensação positiva para alguns enquanto que para outras pessoas, sensações negativas e desagradáveis.

Em 1703 um cirurgião holandês (Ruysch) identificou um pequeno órgão no nariz humano como sendo o órgão vomeronasal (OVN) o qual se encontra separado do órgão responsável pela olfação. A função do OVN é a detecção de feromônios: quando ele detecta o feromônio, ele envia um sinal de resposta sexual/comportamental para o cérebro.

Feromônios podem ser do tipo sinalizadores, ou seja, estão relacionados às respostas comportamentais, ou do tipo primários, que afetam a atividade fisiológica (tem efeito nos hormônios como um todo).

Sabe-se também que os óleos essenciais podem agir através do OVN e/ou através do órgão olfatório.

Recentes pesquisas científicas demonstraram que as mulheres são capazes de identificar tipos imunológicos masculinos distintos dos imunotipos genéticos delas, tendo então, atração sexual maior por estes para que haja uma formação de descendência genética mais aperfeiçoada e desenvolvida, a qual seria mais resistente a doenças, por exemplo, dando maior condição de sobrevivência dentro do ambiente em que vivem.

É sabido também que alguns óleos essenciais bloqueiam a liberação de ACTH (Hormônio adrenocorticotrófico), também chamado de hormônio do stress. Por conseqüência, acredita-se que outros óleos essenciais podem ter influencias em outros tipos de hormônios liberados pela hipófise, como o hormônio luteinizante (LH), por exemplo, que regula a produção e liberação do estrogênio, progesterona e testosterona.

A química afrodisíaca dos óleos essências pode ocorrer como um efeito estimulante, como segue:

- da circulação: vaso-dilatação, calor, etc. (canela, cravo, tribulus terrestris, etc.)
- do sistema nervoso: deixar a pessoa mais “ligada”, acesa, estimulada, etc. (alecrim, cânfora, etc.)
- do sistema endócrino: atividade considerada estimulante de hormônios (salsaparrilha, priprioca, vetiver, etc.)
- do sistema olfativo: subconsciente, sensações, etc. (jasmim, ylang ylang, vetiver, patchouli, nardo, etc.)


Vamos então ver alguns óleos essenciais considerados afrodisíacos e suas características:

Ylang Ylang: desperta a sexualidade (carinho, contato), a afetividade, torna as pessoas abertas ao contato, ao abraço, à aproximação, bom para pessoas tímidas, fechadas, egoístas; desperta o lado altruísta das pessoas; em excesso pode causar queda de pressão (vai fazer efeito contrario ao desejado: as pessoas podem dormir e não acontecer nada)

Lótus e Lírio: são cheiros mais femininos, ligados a mulher;

Ládano (Cisto): óleo resinoso quente (esquenta), traz sensação de aquecimento sem queimar; é nota de fundo para muitas flores e especiarias; óleo para pessoas convalescentes, que estão prá baixo, pessoas estagnadas, em fase de busca e mudanças, em depressão, paralisadas;

Canela e Preciosa: são vaso-dilatadoras (canela, em especial, causa ardência e queimaduras e por isto deve ser diluída); preciosa não causa ardência, porém, é mais difícil de ser encontrada; é parente do pau rosa, da região amazônica; substituto da canela em muitas ações terapêuticas;

Cravo e Puchury: semelhante à canela, porém, menos agressivos; são quentes e estimulantes, renovadores de energia, aumentam o magnetismo pessoal, e favorecem a limpeza espiritual; usados em gel / cremes encontrados em sex-shops;

Rosa, Gerânio e Palmarosa: combinam muito bem para as mulheres, parecido com o ylang ylang; favorecem o carinho, a aproximação, etc.;

Sândalo, Cedro, Amyris, Cabreuva e outras madeiras: mais masculinos, mas nada impede o uso pelas mulheres e a inversão de aromas;

Balsamo do Peru, Balsamo de Tolu (aroma parecido com o de cacau), Estoraque e Benjoim: devem ser empregados com certa cautela para não dar alergias; são resinas;

Baunilha (Vanilla planifolia): vanilla vem do latim e deriva da palavra vagina devido à semelhança da raiz com o canal vaginal; cheiro estimulante da sexualidade; usado em banhos, perfumes, óleos de massagem, etc.; absoluto caro; muito aromático e interessante; o cacau pode substituir a baunilha com propriedades muito semelhantes a esta, com sabor de chocolate bem intenso; favorece a abertura, o contato, extroversão, diminui as carências afetivas; combina com flores (ylang ylang com nota não muito alta);

Gengibre: estimulante, vaso-dilatador; combina com cravo, canela, baunilha, cacau; dá energia, vitalidade, desperta a motivação, energia de fogo e de terra (auto-confiança); para pessoas aéreas e sem atitude (que “vivem no mundo da lua”);

Noz moscada e Cardamomo: foram muito usadas há muito tempo atrás para favorecer a ereção; noz moscada é alucinógeno; cardamomo combina com aromas mais encorpados como baunilha, cacau, vetiver, etc.

Vetiver, Priprioca e Pachouli: têm notas aromáticas parecidas; o vetiver é mais caramelado e lembra terra molhada; priprioca mais seco e pachouli mais seco ainda; a priprioca tem ação sobre os hormônios sexuais femininos, frigidez, impotência feminina e é usado com finalidades anticoncepcionais em algumas tribos indígenas da Amazônia; são aromas aterradores, bons para serem usados por homens, mas nada impede de as mulheres utilizarem;

Pimenta: vaso-dilatador; a pimenta negra destilada não arde; a pimenta malagueta extraída por CO2 queima e arde muito;

Neroli (flor de laranjeira): muito sensual e agradável (da mesma forma que o jasmim);

Jasmim, Acácia, Aglaia: idem ao Neroli

Musk: não tem mais interesse de produção porque agride a natureza: é extraído do veado almiscarado (glândulas com feromônio): é retirada a glândula e usada em perfumes; é liberado pela urina do veado; ainda se consegue na China, onde há fazendas de criação; o musk tem um cheiro muito ruim, semelhante ao cheiro de genital sujo, bem fedorento; é usado como nota de fundo em misturas e perfumes (uma gotinha ou pouco mais que isto, em suas devidas proporções);

Ambreto (musk vegetal) e Nardo: alternativa como substituto para o musk verdadeiro (mas é muito diferente deste último); empregado na perfumaria; é muito caro; o melhor é o extraído por CO2; Nardo é muito aromático, com nota animalesca = virilidade, aterrador;

Óleos anafrodisíacos: diminuem a libido, pois liberam a prolactina que por sua vez faz cair a libido: vitex (serve para “esfriar” paixões), tagetes, tuia, tanaceto, lavanda, camomilas, manjerona, lúpulo; sálvias, salsa, cenoura, funcho, erva-doce, anis, estragão, artemisias;


Agora vamos à parte prática de tudo isto com algumas “fórmulas afrodisíacas” interessantes que poderão ajudar a proporcionar desejos sexuais intensos e constantes... (use com moderação... risos).

Algumas receitinhas alimentares:

Coloque de 1 a 2 gotas de óleo essencial de ylang ylang, rosa, jasmim, neroli ou baunilha em uma vinho branco e terá uma bebida muito gostosa e especial.

Coloque de 10 a 15 gotas de óleo essencial de baunilha, canela, cravo, cacao ou vetiver na massa de bolos e doces.

Para cada 100 gramas de chocolate coloque 1 a 2 gotas de óleo essencial de baunilha, cacao, vetiver, nardo, priprioca, cardamomo, canela, cravo, jasmim, rosa ou gerânio.

Dicas:

Em massagens, 65 gotas da mistura de óleos essenciais para cada 100 ml de óleo carreador.

Para banhos, dependendo do tamanho da banheira, de 6 a 15 gotas de óleos essenciais ou da mistura.

Inalação de 6 a 15 gotas de óleo essencial ou da mistura em aromatizador ambiental.


Sinergias “mágicas” (usadas em aromatizadores de ambientes):


Sinergia da Atração (para atrair o par ideal)
5 gotas de pachouli
1 gota de canela

Mistura do Amor
7 gotas de palmarosa
5 gotas de ylang ylang
1 gota de gengibre
2 gotas de alecrim
1 gota de cardamomo

Energia Sexual
2 gotas de gengibre
2 gotas de pachouli
1 gota de cardamomo
1 gota de sândalo

Ungüento do Amor (para ser passado no corpo)
2 gotas de ylang ylang
2 gotas de lavanda
1 gota de cardamomo
1 gota de baunilha
¼  xícara de óleo base com cera de abelha
(envie um e-mail solicitando a fórmula deste óleo base e como fazer a mistura)

Por fim, acredito que se você seguir estas orientações e usar os óleos essenciais com a devida cautela e ainda com o “clima” adequado terá momentos inesquecíveis e de intenso prazer com a pessoa amada.

Tenha ótimos momentos de prazer!  ;-)

16 comentários:

  1. Quero saber mais sobre a essencia de baunilha, visto que dizem ser um poderoso afrodisiaco, obrigado...
    e-mail:paulinhoenfermeiromarilia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. OLÁ, BOA NOITE! GOSTARIA DE TER UM ENDEREÇO ONDE EU POSSA COMPRAR ESSAS ESSÊNCIAS VIA INTERNET. VOCÊS CONHECEM ALGUM PARA INDICAR?
    OBRIGADA

    ResponderExcluir
  3. Olá, você pode adquirir estes óleos essenciais em minha loja virtual: www.viessence.com.br (tem agora um banner bem na parte de cima do blog). Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Oi!Tudo bem?
    Gostei muito,mas muito mesmo do seu blog.Sou mais uma fã dos óleos essenciais e suas alquimias.Você poderia me mandar o modo de preparo deste óleo base?Meu e-mail é andreaechico@yahoo.com.br.Te agradeço e espero pacientemente pelo seu retorno!

    ResponderExcluir
  5. Por gentileza a receita do unguento do amor.

    Desde já sou grata pela atenção.

    ResponderExcluir
  6. Adorei!Mas qual o óleo ideal para aumentar a libido feminino?

    ResponderExcluir
  7. É muito dificil dizer que tem um óleo essencial ideal para aumentar a libido da mulher. Muitas vezes é preciso uma combinação destes para se conseguir um bom resultado, mas em geral, o ylang-ylang, jasmim, neroli e a priprioca são boas indicações.

    ResponderExcluir
  8. oi muito legal vou experimentar, a sinérgia para atração estou precisando

    ResponderExcluir
  9. Bom dia, gostei deste blog, muito legal e informativo, já ouvi alguma coisa sobre óleos essencias, mas nunca usei. Me interessei por esta mistura para a Energia Sexual. Você poderia me envia a receita no meu email: ceairosa@hotmail.com. Quero esperimentar.

    desde já agraceço a atenção.

    ResponderExcluir
  10. ola,adorei seu blog. estou me preparando para fazer o primeiro modulo do curso de aromaterapia,que será ministrado aqui aonde moro(Pirenopolis-GO). gostaria de saber como prepara-se o óleo base,que vc mencionou acima.
    meu email é: comerciodearte@gmail.com
    Muito obrigada,
    Rosa Maria

    ResponderExcluir
  11. Boa Tarde.

    Por favor, e a receita do unguento do amor você pode enviar.

    Grata

    ResponderExcluir
  12. Olá, publiquei a receitinha do unguento do amor no post a seguir...

    http://oleosessenciaisnaturais.blogspot.com/2010/09/oleos-essenciais-afrodisiacos.html

    Façam bom uso!

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Poderia me enviar um e-mail com a receita da mistura do oleo base. Meu e-mail é: mluziamoreira@bol.com.br. Grata

    Malu

    ResponderExcluir
  14. ola td bem? quero saber se esses oleos pode ser misturados em aguas p/ enxague de roupas para que fiquem cheirosas ou nao? vc tiver esses oleos p/ roupas me indique ok. meu E-mail é mmarczal@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde a todos!
    Gostaria da formula do Ungüento do amor.Meu e-mail é silmaramk1@hotmail.com Agradeço

    ResponderExcluir
  16. Adorei esse site. Com certeza vou adquirir muitos conhecimentos sobre o assunto aqui. Obrigada.

    ResponderExcluir